Martes, 22 Agosto 2017
Ultimas noticias
Casa » Zagueiro rebate vitórias 'sofridas' no Santos: 'Prefiro sofrer, mas vencer'

Zagueiro rebate vitórias 'sofridas' no Santos: 'Prefiro sofrer, mas vencer'

12 Agosto 2017

Levir Culpi vai fazer testes em treino fechado para a imprensa na tarde desta quarta-feira, no CT Rei Pelé, antes de definir a escalação do Santos para enfrentar o Atlético-PR nesta quinta, às 21h45, na Vila Belmiro, pelo jogo de volta das oitavas de final da Libertadores.

O Atlético agora volta suas atenções para o Campeonato Brasileiro.

Sufoco/ O Atlético-PR amassou o Santos no primeiro tempo de jogo na Vila Belmiro. Assim que o Atlético-PR perdia a bola no ataque, o Santos conseguia rapidamente organizar um contra-ataque e levar perigo ao adversário.

Na partida de ida, realizada na Arena da Baixada, em Curitiba, o Santos ganhou por 3 a 2 e podia perder até por 2 a 1, mas acabou se classificando com outro resultado positivo através do gol de Bruno Henrique. O goleiro santista em nenhum momento se mostrou abatido por não ter sido convocado para a seleção brasileira.

O gol foi de Bruno Henrique, aos 32 minutos da etapa final.

Com a vaga garantida, o Peixe agora se prepara para encarar o Barcelona de Guayaquil nas quartas de final da competição continental. Em um deles, Lucas Veríssimo salvou tento atleticano em cima da linha. Sidcley, completamente sozinho, bateu no meio do gol.

Na sequência, Lucas Lima quase ampliou com um chute colocado.

Por ter a melhor campanha, o Santos decide a vaga em casa e, se avançar à semifinal, pegará Grêmio ou Botafogo. No segundo tempo, a equipe santista também atacou, criou chances e ameaçou o goleiro Weverton. O Santos respondeu aos 12, Ricardo Oliveira recebeu de costas, e ajeitou para Bruno Henrique, que mandou uma bomba de fora da área. Foi preciso também um pouco de sorte em algumas finalizações atleticanas, como quando Jonathan acertou a trave no segundo tempo.

Atlético-PR - Weverton; Jonathan, Paulo André, ThiagoHeleno e Fabrício;Rossetto, Lucho González, Guilherme, Nikão e Sidcley (Pablo); e Ribamar (Ederson).

SANTOS: Vanderlei; Victor Ferraz Lucas Veríssimo, David Braz e Zeca; Yuri, Alison (Renato) e Lucas Lima; Copete, Bruno Henrique e Ricardo Oliveira.

Zagueiro rebate vitórias 'sofridas' no Santos: 'Prefiro sofrer, mas vencer'